NOTÍCIAS

Será que Deus disse talvez à homossexualidade?

07/08/2015

Várias megaigrejas já aceitaram o casamento gay. Aqui, o pastor Dean Hackett usa referências bíblicas e oferece a verdade bíblica. “Então falou Deus todas estas palavras, dizendo: Eu sou o Senhor, teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão. Não terás outros deuses diante de mim… Não farás para ti escultura… Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão… Lembra-te do dia de sábado, para o santificar… Honra a teu pai e a tua mãe, que seus dias se prolonguem na terra que o Senhor, teu Deus, te dá… Não matarás… Não cometerás adultério… Não furtarás… Não dirás falso testemunho contra o teu próximo… Não cobiçarás … “(Ex. 20: 1-17).

“E será que, se ouvires a voz do Senhor teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu hoje te ordeno, o Senhor teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra. 2 E todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do Senhor teu Deus“. (Dt. 28. 1-2).

Você consegue imaginar Deus mudando de ideia e aprovando a quebra de um destes mandamentos Será que os mandamentos de Deus têm de se ajustar a uma visão de mundo em constante mudança, novos padrões culturais ou comportamento moral mais aberto? Aparentemente, há momentos em que Deus diz: “Talvez.” É o que se pode imaginar da explicação do pastor Brian Houston da megaigreja Hillsong Church, nos Estados Unidos. Numa conversa sobre o casamento gay ele disse: “Esta é uma conversa que a igreja precisa ter e precisamos aprender a lidar com a questão de mesclar as verdades bíblicas a um mundo em constante mudança”.

Quando a Palavra de Deus é específica, como neste caso, significa dizer que a verdade bíblica precisa se adaptar a um mundo em mudança? Quando Deus diz: “Não” o que há para ser discutido? Aparentemente, a partir da perspectiva do pastor Houston, há vários pontos discutíveis.

Stan Mitchell, pastor da GracePoint, uma megaigreja situada no Tennessee, Estados Unidos, anunciou à congregação que homossexuais praticantes podem ser membros da igreja e manter seus casamentos homossexuais. Ele disse:

“Privilégios completos são estendidos agora para vocês, com as mesmas expectativas de fidelidade, sobriedade, santidade, integridade, piedade e vontade. Isso é esperado de todos. A adesão plena significa ser capaz de trabalhar na liderança e receber todos os sacramentos. Não só comunhão e batismo, como também o casamento”.

A Igreja da Cidade, a maior igreja evangélica de São Francisco, anunciou em uma carta aberta aos membros, que os homossexuais seriam acolhidos normalmente. O pastor Tony Campolo disse há poucos dias:

“Foram inúmeras horas de oração, estudos, conversas, enfim um turbilhão emocional para chegar a este ponto em que estou pronto para pedir a plena aceitação de casais homossexuais na igreja.”

De acordo com estes pastores e um número crescente de outros líderes da igreja, se a pessoa professa que recebeu a Jesus em seu coração, não teve relações sexuais com ninguém até o casamento gay; são fiéis ao seu parceiro de casamento gay e estão vivendo (o que eles chamam de) uma vida santa e piedosa; devem ser acolhidos pela família da igreja como crentes nascidos de novo. Eles também devem ser elegíveis para a liderança na igreja.

Em cima dessas decisões, o que devemos fazer com os seguintes trechos bíblicos?

“Não te deitarás com um homem como se faz com uma mulher. É uma abominação” (Lv. 18:22).

“Não haverá prostituta dentre as filhas de Israel; nem haverá sodomita dentre os filhos de Israel. (Deut. 23:17).

“Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis. Nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem prostitutas, nem sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus “(1 Cor. 6: 9-10).

Então, para alguns líderes, aparentemente, há momentos em que Deus diz: “Talvez.” Verdade mesmo? Não de acordo com a Bíblia.

Dr. Dean Hackett tem servido em tempo integral no ministério desde outubro de 1971. Ele tem ministrado em todo os Estados Unidos, Canadá e Europa, servindo como pastor, conferencista e mentor. Plantou quatro igrejas, assistiu no plantio de 15 outros, e atualmente serve como pastor principal da Igreja Fé Viva em Hermiston, Oregon, Estados Unidos. Dean é casado há 45 anos com Wanda. Eles têm três filhos ministros em tempo integral. Suas duas filhas são missionários na Croácia e seu filho é plantou uma igreja em Portland, Oregon (EUA). Dr. Dean é conhecido por treinar muitos líderes que estão no ministério em todo o mundo.

Fonte: Charisma News
Adaptação: Milton Alves




SOCIEDADES INTERNAS

SIGA:

Siga, compartilhe, interaja!

NEWSLETTER:

Receba as novidades da Jardim de Oração.