NOTÍCIAS

Palestina quer islamizar o Muro das Lamentações

11/12/2015

A Autoridade Palestina submeteu à Unesco – Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura – uma resolução pedindo o reconhecimento de que o Muro Ocidental, ou Muro das Lamentações – pertence à Mesquita Al-Aqsa e por isso é um local sagrado também para os muçulmanos. Segundo o pedido, os judeus teriam livre acesso ao local, também considerado sagrado.

O texto levantou fortes críticas de Reino Unido, Estados Unidos e Israel. Em resposta, a diretora da Unesco, a búlgara Irina Bokova, também se juntou às críticas e exigiu a remoção desta cláusula do texto votado. Bokova expressou preocupação sobre o projeto de resolução e disse que sob a direção da Unesco, nenhuma resolução pode alterar “o estado da Cidade Velha de Jerusalém e seus Muros” algo que também “poderia incitar novas tensões.” “A Unesco pretende promover o respeito pelos lugares sagrados”, disse seu porta-voz.

As autoridades israelenses agradeceram à diretora pela posição firme e observaram que o governo israelense “está empenhado em garantir o acesso aos locais sagrados para pessoas de qualquer fé.”

Fonte: Gospel +
Adaptação: Milton Alves




SOCIEDADES INTERNAS

SIGA:

Siga, compartilhe, interaja!

NEWSLETTER:

Receba as novidades da Jardim de Oração.